Domínios, Upgrades

Domínios »DNS personalizado

Os registros DNS personalizados são configurações especiais que alteram a forma como o seu domínio trabalha. Eles permitem que você conecte o seu domínio a serviços de terceiros que não estão hospedados no WordPress.com, como um provedor de e-mail.

Você pode querer editar o DNS para seu domínio se:

Os registros DNS personalizados só estão disponíveis se você já tiver adicionado um domínio personalizado ao seu blog.

Editando seu registro DNS

Seus registros DNS são armazenados em sua página de Domínios. Todo domínio personalizado que você adicionou a seu blog terá sua própria seção aqui.

Observe que, para os domínios mapeados, você precisará fazer as alterações iniciais de DNS em seu registrador atual. Assim que seu domínio estiver usando os servidores de nome do WordPress.com, você poderá gerenciar o DNS através de sua conta no WordPress.com. Consulte este documento de suporte para obter mais detalhes.

Você pode encontrar o DNS específico de um domínio clicando nele na lista.

Ao selecionar um domínio da lista, sua tela exibirá as informações sobre o domínio, assim como uma lista de configurações diferentes que você pode editar:

Selecione Servidores de nome e DNS dessa lista para editar suas configurações de DNS. Você verá as seguintes opções:

Se você possui um domínio em outro lugar e adicionou o Mapeamento de Domínio, verá os Registros DNS imediatamente, em vez de Servidores de nome e DNS.

↑ Tabela de Conteúdo ↑

Alterando os Servidores de nome para direcionar para WordPress.com

Todos os domínios registrados através de sua conta no WordPress.com usarão os servidores de nome do WordPress.com por padrão. No entanto, se você fizer quaisquer alterações nos servidores de nome, ou se transferir um domínio existente de outro provedor, pode precisar alterar os servidores de nome para que seu domínio aponte corretamente para seu site do WordPress.com.

Selecione o domínio que você quer editar na página de Domínios  e depois clique em Servidores de nome e DNS. Depois, inverta o botão de alternância embaixo de “Usar Servidores de nome do WordPress.com” de modo que fique azul (ver imagem acima).

↑ Tabela de Conteúdo ↑

Visualizando ou Editando Outros Registros DNS

Selecione o domínio que você quer editar na página de Domínios e depois clique em Servidores de nome e DNS. Selecione Registros DNSpara ver seus registros atuais:

↑ Tabela de Conteúdo ↑

Adicionando registros DNS personalizados

Na parte superior dessa página de DNS , você verá cinco registros que são definidos por padrão. Três dos registros serão acompanhados por uma mensagem “gerido por WordPress.com”. Para que seu domínio funcione corretamente em seu site do WordPress.com, você não pode excluí-los.  Se for necessário adicionar registros DNS separados, você precisará adicioná-los mantendo os registros pré-definidos.

Os registros DNS personalizados são compostos de várias informações que têm de ser inseridas na ordem correta. As informações necessárias dependem do tipo de registro que você está tentando adicionar.

Por exemplo, o Registro MX de um domínio direciona seus e-mails para o lugar certo. Usando um registro MX personalizado, você pode direcionar qualquer e-mail em seu domínio para um provedor de e-mail de terceiros. Isso permitirá que você crie endereços de e-mail usando seu domínio personalizado e usá-los com seu provedor de e-mail preferido.

Um registro MX é composto das seguintes informações:

  • Seu domínio (ou subdomínio)
  • O domínio do seu provedor
  • Prioridade

Você pode obter essas informações em seu provedor de e-mail.

↑ Tabela de Conteúdo ↑

Editando Outros registros DNS

Para editar um registro DNS existente, passe o mouse sobre ele e clique no ícone do lápis à direita. Observe que alguns registros padrão não podem ser editados diretamente.

Para obter mais informações sobre como editar seu registro A e direcionar seu domínio para outro host, veja a página Configurando um Registro A personalizado.

↑ Tabela de Conteúdo ↑

Mais Informações

Nosso editor de DNS permite até 255 caracteres para registros TXT. Note que não é possível dividir registros TXT longos em duas ou mais partes.

Ainda confuso?

Contate o suporte.